Obras municipais

Informações de obras, ART e engenharia.

EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS DE PERFURAÇÃO DE 280 METROS DE POÇO TUBULAR, EQUIPADO COM TUBOS GEOMECÂNICOS DE 6 POLEGADAS E CONJUNTO DE BOMBA SUBMERSA DE 1,5 CV DE POTÊNCIA

Contratação de empresa especializada com fornecimento de material e mão de obra para execução dos serviços de perfuração de 280 metros de poço tubular, equipado com tubos geomecânicos de 6 polegadas e conjunto de bomba submersa de 1,5 CV de potência, nas comunidades: Rio Jordão - Salgado I, Vila Marinho - comunidade Ajudante, Vila Preguiça - comunidade Ajudante, Arancuã de cima - Médio Trombetas II, Vila da Cabeceira do Mangal - Comunidade Espírito Santo (lago, Maria Pixi), Vila da Cabeceira do Laranjal - comunidade Espírito Santo (lago Maria Pixi) e comunidade Ajarazal - médio Trombetas, zona rural, Oriximiná/PA.

Data: 05/07/2021

secretaria: SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO URBANO

tipo: CONSTRUÇÃO

Fonte: RECURSO PRÓPRIO

Local: ZONA RURAL, ORIXIMINÁ/PA, SN - ZONA RURAL, ORIXIMINÁ/PA - 68.270-000 - ZONA RURAL, ORIXIMINÁ/PA - ORIXIMINÁ - Á

Estatísticas da obra
VALOR TOTAL DA OBRA
R$ 248.005,10

* Somas dos contratos e aditivos

TOTAL DE MEDIÇÕES
R$ 204.617,44

* Total de medições = (Soma das medições)

SALDO DA OBRA
R$ 43.387,66

* Saldo da obra = (Total da obra - Total de medições)

PERCENTUAL DA OBRA
82,51%

* Percentual = (Medições / Total da obra * 100)

TOTAL DE MEDIÇÕES PAGAS
R$ 204.617,44

* Total de medições pagas = (Soma das medições pagas)

SALDO DA CONTA
R$ 43.387,66

* Saldo da conta = (Total da obra - Total de medições pagas)

PERCENTUAL FINANCEIRO
82,51%

* Percentual = (Total de medições pagas / Total da obra * 100)

Evolução das medições
Mais informações da obras
Período Responsável pela execução Valor (R$) Percentual (%) Situação Mais
05/11/2021 - 21/12/2021 J. V. DA COSTA SERVIÇOS EIRELI ME 35.429,30 14,29% PAGO
27/09/2021 - 05/11/2021 J. V. DA COSTA SERVIÇOS EIRELI ME 98.329,54 39,65% PAGO
04/08/2021 - 27/09/2021 J. V. DA COSTA SERVIÇOS EIRELI ME 35.429,30 14,29% PAGO
02/07/2021 - 04/08/2021 J. V. DA COSTA SERVIÇOS EIRELI ME 35.429,30 14,29% PAGO
Data Tipo Número Exercício Nome do credor R$ Valor Mais
30/06/2021 CONTRATO ORIGINAL 288/2021-PMO 2021 J. V. DA COSTA SERVIÇOS EIRELI ME 248.005,10

Contratos e aditivos registrados: 1

  • DATA: 05/07/2021 - SITUAÇÃO: ANDAMENTO

Justificativa da obra
Como se sabe, na história da civilização, a água tem desempenhado um papel preponderante, legitimada e consagrada como um bem material vital à sobrevivência humana. Assim, esta proposta visa a construção de um Sistema de Abastecimento de Água, visando, benefícios socioeconômicos e ambientais, por meio da captação de água subterrânea na área urbana do município de Oriximiná. O município de Oriximiná, localizado no estado do Pará, pertencente à mesorregião do Baixo Amazonas, possui uma área de 107.603,992 Km² e uma população estimada de 73.096 habitantes (IBGE, 2020). Territorialmente, a sede, faz limites ao norte, com a Guiana Francesa e Suriname; ao sul com o município de Óbidos; a leste com os municípios de Juruti e Terra Santa e a oeste com o município de Faro e o Estado de Roraima, pertencente ao Baixo Amazonas. A constituição geológica deste Município é bastante complexa. No contexto hidrográfico, o município de Oriximiná está inserido na Região Hidrográfica Amazônica, que concentra uma disponibilidade hídrica de cerca de 80%, onde se encontra o menor contingente populacional e uma precipitação média de 2.239 mm e vazão média de 131.947 (m³/s). É formada por uma vasta malha de rios perenes, e corpos d’água, sendo que o principal rio é o Trombetas, logo, todo o município de Oriximiná é servido pela bacia hidrográfica do rio Trombetas, que cobre uma área aproximada de 136.000 km². Pertence aos Estados do Pará, Amazonas e Roraima, banhando uma área de 9.054,261 km². O rio Trombetas possui cerca de 750 km de extensão, e navegável numa extensão aproximada de 230 km. Quanto a disponibilidade hídrica subterrânea, esta região apresenta depósitos sedimentares de litologia variável, onde encontra-se sistemas de aquíferos fissurados, resultante de alguma deformação rochosa, regionalmente explorados de forma diferenciada, concentrados em três grandes áreas: duas de aquíferos fissurados das províncias hidrogeológicas do Escudo Setentrional, ocupando a faixa norte da região (maior parte dos estados do Amapá e Roraima e algumas áreas nos estados do Amazonas e Pará), e do Escudo Central, correspondente à porção sul do Pará e grandes superfícies de Rondônia e porções ao norte de Mato Grosso. Esses sistemas têm recarga facilitada pelo elevado índice pluviométrico das respectivas regiões, presença de coberturas cenozóicas e abundância de água superficial (CPRM, 2012). Água potável corresponde a toda água disponível na natureza destinada ao consumo e possui características e substâncias que não oferecem riscos para os seres vivos. A água, em condições normais de temperatura e pressão, predomina em estado líquido e aparentemente é incolor, inodora e insípida e indispensável a toda e qualquer forma de vida. Nas regiões ribeirinhas, a vida se move com ciclo das águas, que sobem e descem, inundam e secam, abundam e escasseiam, chegando a ter variações entre os picos de cheia e seca superiores a dez metros. Na vazante dos rios, muitos mananciais superficiais secam completamente ou nível baixo da água, inviabilizando sua utilização, seja pela insuficiência, e/ou por condições impróprias para consumo humano. Os serviços de perfuração de 280 metros de poço tubular em Comunidades ou Vilas da zona rural do município de Oriximiná/PA, serão para atender o fornecimento de água potável para o consumo humano de 146 (cento e trinta e nove) famílias, sendo: 10 (dez) famílias na Comunidade Rio Jordão – Ramal Salgado I, 93 (noventa e três) famílias na Vila Marinho - Comunidade Ajudante, 17 (dezessete) famílias na Vila Preguiça - Comunidade Ajudante, 14 (quatorze) famílias na Comunidade Arancuã de Cima - Médio Trombetas, 03 (três) famílias na Vila da Cabeceira do Mangal - Comunidade Espírito Santo (Lago Maria Pixi), 02 (duas) famílias na Vila da Cabeceira do Laranjal - Comunidade Espírito Santo (Lago Maria Pixi) e 07 (sete) famílias na Comunidade Ajarazal - Médio Trombetas, contribuindo assim para que os moradores tenham uma melhor condição de vida.

Qual o seu nível de satisfação com essa informação?


Muito insatisfeito

Um pouco insatisfeito

Neutro

Um pouco satisfeito

Muito satisfeito